yoani sanchez

33 Responses to “yoani sanchez”

  1. Sueli Guerra says:

    Me cheira muito mal essa blogueira. Porque tanta liberdade pra ela? Muitos por menos que isso foram fuzilados ou encarcerados. Duvido muito dela. Alguém já se quesionou sobre isso. Como pode ela ser a única em toda Cuba poder dizer o que quer em seu blog, num país onde tudo e todos são controlados? A mim ela não engana. Tem sujeira por trás de tudo isso, ainda mais qquando políticos brasileiros se envolvem. São todos corruptos, desde o presidente até o mais ralé da politica.

  2. Sueli Guerra says:

    VIXE ESSA MENINA TÁ FAJNDO MESMO A VERDADE?

  3. Larissa Bulhõ says:

    Fui à Cuba em 2009 e a realidade com que me deparei foi bem diferente da descrita por esta blogueira. Realmente existem dificuldades de cunho material, mas estas são geradas pelo bloqueio comercial imposto pelos Estados Unidos, o qual podemos qualificar como no mínimo desumano e anacrônico. É claro que Yoani Sanchez tem muita voz e muito destaque na mídia capitalista. Afinal, ela representa tudo o que a direita quer: uma cubana insatisfeita com sua falta de liberdade. O que é realmente muito questionável, porque se existe mesmo todo este controle o qual ela descreve, é de se admirar que ela ainda não tenha sido punida e que seu blog ainda esteja no ar. Talvez ao invés de viver em país que é referência em promoção de saúde, educação e desenvolvimento humano, ela preferisse viver em um dos outros insignificantes países da América Latina, playgrounds dos Estados Unidos e disseminadores da concentração de renda e da miséria, com sistemas de saúde e educação precários, altos índices de analfabetismo e mortalidade infantil etc. Infelizmente, são pessoas como ela que colocam todas as grandes conquistas da Revolução Cubana em risco em troca de projeção midiática. Você está lutando do lado errado Yoani. Os cubanos da nova geração devem procurar aperfeiçoar o sistema em que vivem, fazendo proveito dos imensos avanços sociais que a geração anterior lutou arduamente para alcançar.

  4. É triste e ao mesmo tempo patético ver uma mulher falando mal de sua própria pátria… Não é original nada do que ela fala: as mentiras sobre a revolução, as mentiras sobre o pouco apoio do povo cubano à mesma, as mentiras sobre as conquistas sociais de Cuba, a mentira sobre o significado de Cuba para os próprios cubanos… Nem mesmo é original sua atitude… Essa mulher não inventou a traição e não inventou também a falta de escrúpulos… óbvio que o traidor é, antes de qualquer coisa, um covarde e por isso não espero a publicação de meu comentário… Mas saberá aqueles que financiam esse “blog” que há milhares que não se enganam e não se vendem e que a “História os condenará” por aquilo que eles falam e fazem. “Viva la revolución!”

  5. Adriano says:

    Pobre moça, formou-se através do regime de Fidel, foi morar na Suiça,
    conheceu o Banco de Genebre, e agora quer transformar Cuba num paraiso fiscal.
    Tenho pensado, qu se ela tivesse conhecido o Haiti, por exemplo ela iria realmente lutar por Cuba.
    Contra o embargo economico imposto pela USA. Talves se ela entrevistar cidadãos americanos, qu precisem do sistema de saude americano, e não tenham dinheiro, ela os leve para morar em Cuba.

  6. Sherman says:

    É impressionante como existem pessoas que ainda acreditam na tal revolução cubana, eu jamais acreditei nela nem quando era jovem e que meus amigos simpatizantes falavam maravilhas sobre ela, ora um regime onde é cerceado todo o tipo de liberdade não pode ser bom, a não ser para aqueles que comandam. por muito menos os mesmos que estão defendendo os tais avanços citados acima (porque é no país dos outros e lá não vivem) criticam os militares brasileiros pelo tempo de ditadura em que passamos, ora é muito fácil aceitar a ditadura de um regime que carrega em suas mãos a morte de tantos que lutam pela sua libertação de tal situação. acredito sim na Yoani e ela não esta falando mal de seu país e sim de um grupo que o rege com mão de ferro, é muito fácil estar de fora e defender criminosos em nome de uma tal "REVOLUÇÃO", aqueles que acham que ele mente que vão viver em Cuba e façam bom proveito.

  7. Sherman says:

    E como sempre mulheres nunca acreditam em mulheres, vejam os comentários da Sra. Sueli a Larissa foi a Cuba, apenas foi e não viveu ou vive, é muito diferente dos que tem que conviver constantemente com o tal regime. deve ser uma romântica por acreditar na revução cubana, deveria ter pedido asilo ao regime e fugido do Brasil, porque aqui há liberdade para tudo. devemos entender que somente na liberdade há oportunidade para crescer ou não, depende de cada um de nós coisa que lá não existe.

  8. RGS(pesquisador) says:

    Parabéns pela luta.A maioria dos brasileiros apoia o povo cubano na sua luta por liberdade e democrácia.E com certeza, se possível fosse, participaria dos protestos verdadeiros, em pról, da sua liberdade do seu desenvolvimento com democrácia.

    • Juliana says:

      Com certeza! Infelizmente, na vida real, assim como em uma empresa há pessoas que servem para ser grandes líderes, há outros que somente nasceram para serem comandados. Fico triste por saber que uma grande porcentagem alta dos brasileiros nasceram para serem comandados!!
      Pq ir contra alguém que luta a favor da liberdade e a democracia??
      Bando de hipócritas e falso moralistas!

  9. maria da concei&cced says:

    atenção. cuba está precisando de parceria comercial, para encher os campos de gente trabalhando e produzindo alimentos. está precisando de parceria comercial, para criar indústrias, empregos, serviços, tudo. cuba está precisando de parcerias honestas e dignas, pois o resto ela tem. um povo que sabe ler e escrever, ao contrario de muitos paises, da america do sul, inclusive o meu, o brasil. cuba tem tanta coisa boa, que tem até universidade em havana para doutorar uma blogueira ingrata que nem essa yoani sanchez, avisa pra essa retardada que o mal de cuba se chama ESTADOS UNIDOS DA AMÉRIA. se ela fosse mais inteligente, mandaria o obama, cuidar do restou do méxico, depois que os ESTADOS UNIDOS ROUBARAM 55 POR CENTO DO TERRITÓRIO DELES.

  10. Larissa Bulhõ says:

    É lamentável que pessoas como o sr. Sherman façam comentários tão ingênuos sem nenhum tipo de conhecimento de causa. A crítica à Revolução Cubana é sempre acompanhada de posições preconceituosas, conservadoras e obtusas. Sua tentativa de desqualificar meus argumentos pelo subterfúgio do machismo é no mínimo pueril. Apoio a Revolução Cubana porque a conheço, assim como apoio as conquistas da Revolução Francesa por conhecê-la. Nem por isso preciso me mudar para a França ou para Cuba. Permaneço em meu país para lutar no sentido de fazer com que os ideais de ambas possam contribuir para a construção de um Brasil melhor e mais justo. Uma ditadura se constrói com concentração de renda, miséria e analfabetismo, elementos encontrados em 90% dos países do globo. Cuba possui a maior quantidade de médicos per capta da América, erradicou o analfabetismo, a mortalidade infantil é próxima a zero e seu sistema educacional é referência internacional. Estes são dados da ONU. No meu entender uma autêntica democracia se constrói com essas bases.O capitalismo se pauta em relações de dominação, exploração e espoliação do homem contra o homem e do homem contra o meio. Romantismo é acreditar que dentro de uma lógica tão hostil uma verdadeira democracia seja possível.

  11. Carlos D'Incao says:

    O sr. Sherman certamente possui como referência bibliográfica sobre Cuba a revista Veja… Sua fala exala preconceitos… Existe um outro país onde muito mais pessoas são contra a Revolução Cubana e seus preconceitos se encaixam perfeitamente com os seus ideais: o Afeganistão. Por que o sr. Sherman não se muda para lá? Certamente porque os seus privilégios no Brasil são muito maiores. O sr Shermam não defende a "liberdade", mas sim seus próprios privilégios e teme que uma sociedade mais justa e democrática – a exemplo de Cuba – ameace seus privilégios. No caso da Yoani a lógica é inversa: ela critica Cuba por não ter lá os privilégios que ela sonha em ter no mundo capitalista. PRIVILÉGIOS. Essa é a palavra central. Não o privilégio da vida, da liberdade, da igualdade, de uma sociedade mais fraterna e humana. Mas o privilégio mesquinho e individualista a que ambos chamam de "liberdade para tudo" – tudo o que é pequeno, individualista e mesquinho. Um mundo melhor não se faz com pessoas e idéias mesquinhas. Um novo mundo está aos poucos nascendo contra todas as adversidades, contra todo o ódio, contra toda a dureza do preconceito tão enraizado por séculos de uma humanidade alienada e vazia. Uma das capitais desse novo mundo é Havana, e por isso estamos todos em Cuba – os defensores do novo e os velhos. O sr. Sherman é o velho mundo ranzinza que se arrasta com suas pesadas correntes do capital resmungando velhas ofensas ao novo mundo. Mas o novo sempre triunfará porque não é apenas novo, mas melhor para todos, inclusive para o sr. Sherman.

  12. Vitor Biasoli says:

    Impressionante os posts de Yoani Sánchez transformados em livro pela Editora Contexto: "De Cuba com carinho". A insatisfação e o tédio dela em relação à sociedade e ao Estado cubanos são convincentes e impactantes. Seu desabafo faz pensar. Suas críticas pontuais quanto à precariedade da Ilha também são significativas. Difícil devender as "conquistas das revolução" depois da leitura dos seus textos.

  13. Fernanda says:

    Cara Larissa,

    Na sua viagem a Cuba, você deve ter conhecido apenas o "lado A" da ilha. Estive em Cuba também em 2009 e juro que saí do Brasil com uma visão romântica sobre Fidel e a política cubana. O lado B da ilha é cruel: casas pobres, muito pobres que cheiram mal. Em Santiago de Cuba não tem água encanada em boa parte das casas. Jovens desiludidos e frustrados por saberem que devem morrer sem conseguir sair da ilha.

    Acho que Yoane é uma guerreira e você, uma inocente.

  14. Fernanda says:

    Cara Larissa,

    Na sua viagem a Cuba, você deve ter conhecido apenas o “lado A” da ilha. Estive em Cuba também em 2009 e juro que saí do Brasil com uma visão romântica sobre Fidel e a política cubana. O lado B da ilha é cruel: casas pobres, muito pobres que cheiram mal. Em Santiago de Cuba não tem água encanada em boa parte das casas. Jovens desiludidos e frustrados por saberem que devem morrer sem conseguir sair da ilha.

    Acho que Yoane é uma guerreira e você, uma ingênua.

  15. antonio says:

    pobre muchacha sirviendole al imperialismo ipocrita americano no sabes cuantos problemas hay aqui en los estados unidos ojala algun dia aprendas la verdad de la palabra libertad el 85% de la poblacion cubana esta con la revolution visita miami y te daras de cuenta la mentalidad del cubano blanco miserable y con la mentalidad batistiana no han pogresado nada viva la revolution cubana .

  16. Luis says:

    Também estive em Cuba em 2009, impregnado de idolatria à Revolução e de cultura marxista , relíquias românticas da minha juventude.
    Como falo espanhol fluente, conversei bastante com os habitantes .Vi um povo que, como disse Yoani , reconhece alguns méritos da Revolução ,como o acesso a escolas e a um sistema de saúde digno, mas descontentes com a pobreza material em que se encontram, e ávidos por ter dinheiro no bolso, pedindo gorgetas ou "presentes" de artigos de consumo para tudo, em todas as ocasiões.

  17. Juarez says:

    O que ocorre é que existe ainda (e infelizmente) muito romantismo sobre a revolução cubana.
    É inconcebível uma nação com apenas um partido político, um jornal e acesso à informação censurado.
    O que esperar de um estado, cujo sonho da maioria dos jovens, é viver em Miami?
    Apesar do embargo imposto pelos EUA Cuba tem relações comerciais com outros países.
    O fato é que Cuba só exporta charutos, rum, níquel e derivados de açúcar para ser mais relevante.
    A coisa funcionou enquanto viva a URSS, após sua queda, ficou dramático, é o que vemos hoje: um país em situação extremamente precária e sem qualquer tipo de liberdade de expressão.
    Vou fazer um paralelo: Na ditadura militar brasileira existia uma chavão: "Brasil. Ame-o ou deixe-o". Em Cuba nem isso é possível, pois somente sai de lá pessoas com autorização da famosa "Nomenklatura".
    Para aqueles que exaltam países totalitários, digo que desejo que o Brasil, um dia, seja como uma Noruega, uma Dinamarca, uma Alemanha… Nunca uma Cuba.
    Seria de muito mau gosto.

  18. Márcia says:

    Caros,
    Eu tb estive em Cuba, somente em Havana, e confesso que vi muitas coisas boas, vi muitas coisas ruins, mas que as primeiras em maioria.Eu fico com a Larissa, a grande questão é o que vc quer da sociedade? competição,inveja, traições e individualismo, isto não tem presença em CUBA, até pela formação do povo calcada no humanismo, lá temos solidariedade, amizade, espontaneidade, e visão do ser humano como ser humano, e não como algo que encarta ou descarta. Me causou uma extrema alegria ver aqueles sentimentos numa sociedade, e penso que a revolução cubana é real, e como diz o Pablo Milanês há de ser refeita, mas não se pode perder aquelas conquistas, pois são conquistas da humanidade! viva Cuba!

  19. hercules says:

    É incrivel como pessoas, que vivem em países democráticos possuem uma visão romantizada de ditaduras comunistas, regimes onde o ser humano não era dono de si mesmo, mas gado humano a serviço do ESTADO. Estrangeiros criticando uma cidadã cubana por denunciar as mazelas de seu próprio país? É o cúmulo da falta de bom senso. E o fazem por que as denuncias dela derrubam os mitos que foram enfiados em suas cabeças por professores marxistas, (uma verdadeira praga do ensino de nosso país) e isso acaba com suas ilusões, de que a tirania comunista seria um "jardim do Éden". A essas pessoas leiam o livro negro do comunismo e vejam a real face das ditaduras marxistas.

  20. jair bolsonaro says:

    Marcia acorde para a realidade: o cidadão cubano é esvravo e prisioneiro em seu próprio país, e se você observou pessoas solidárias e decentes isso não se deve ao criminoso regime de Fidel (e não existe nenhuma formação humanista lá, apenas doutrinação para o povo achar legal ser gado humano) se deve ao caratér bondoso e resiliente de um povo que sofre calado, que consegue sorrir mesmo sofrendo.

  21. jair bolsonaro says:

    . Existe uma rede de informantes a serviço do regime disfarçados em meio á população com o objetivo de delatar pessoas que apresentem idéias "anti-revolucionarias" e Yoani Sanches que é uma verdadeira humanista, só não foi mandada para El paredón porque alcançou o status de celebridade internacional, e Fidel é esperto demais para eliminar uma pessoa com tanto espaço na mídia mundial, pois ele sabe que isso queimaria ainda mais sua imagem; Fidel Castro vive da propaganda enganosa dentro e principalmente fora de seu país e é assim que Fidel consegui convencer que seu regime do qual a população tenta fugir aos milhares em barcos precários, seria o "paraíso" quando esta mais para um inferno.

  22. Sanclair Clemente says:

    Sou do PC do B em Recife, e acho que a companheira Yoani Sanchesz e o companheiro Reinaldo estão querendo deixar para seus compatriotas uma abertura democrática para discutirem seus problemas e seus caminhos e não trilhar o que lhe são submetidos. Acredito fielmente que o comunismo não deveria ter essa face ditatorial e sim um espaço para um debate em que todos possam dar sua parcela de contribução para evolução social.

  23. I recognize there exists a lot of spam on this weblog. Do you want support cleansing them up? I could support amongst courses! 889076

  24. What is your most noted accomplishment. They may want good listeners rather than good talkers. 740795

  25. You got a extremely great web site, Glad I observed it via yahoo. 698187

  26. Cool text dude, maintain up the excellent function, just shared this with the mates 450652

  27. jack says:

    I like this weblog so significantly, saved to fav. 129037

  28. Some times its a pain in the ass to read what blog owners wrote but this site is very user friendly ! . 337979

  29. gilrikardo says:

    isso que você deseja meu amigo, é democracia. E isso não existe em ditaduras ou regimes totalitários. Você é jovem, procure se informar mais, não acredite em tudo que dizem nem em tudo que lê….

Leave a Reply