Três irmãos

“[…] tem embaixo, onde as águas se ajuntam, um grande lago, o que é impenetrável pelos grandes redemoinhos e ondas que metem medo, sua altura é grande, tem no meio deste lago três montes emparelhados, que parecem três pirâmides, ou penínsulas, e estas cheias de ervas e suas árvores que fazem uma agradável vista; neste grandioso lago se pescam grandes dourados, pacus e outros peixes, aqui gastamos todo este dia e a noite de seis para sete de maio.”
Teotônio Juzarte, Diário da Navegação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *